DESCRIÇÃO DO PROJETO

SOBRE O WELLy

Projeto WELLy: Introdução de um perfil de competências de um Gestor de Bem-Estar no Trabalho para prevenir e combater o stress no trabalho, considerando o impacto do ambiente de trabalho físico e psicossocial na saúde e bem-estar dos colaboradores.

Durante a última década, houve um grande desenvolvimento na literatura relacionada com a relação entre o comportamento do gestor e o bem-estar dos colaboradores, e a mensagem é consistentemente que a forma como os colaboradores são geridos é um determinante chave da sua saúde e bem-estar.  (Skakon et al 2010, Kelloway and Barling 2010).

Por este motivo, é necessário mapear as competências que um gestor deve ter de modo a implementar uma abordagem correta para prevenir e reduzir o stress no trabalho.

Este é o foco do projeto WELLy e, após a identificação das competências necessárias para fomentar o engagement dos colaboradores, a sua saúde e bem-estar, o desafio será ajudar os gestores a desenvolver essas mesmas competências, e a utilizá-las na sua abordagem de gestão de pessoas. 
  • Newsletter:
  • 1

PERÍODO DE IMPLEMENTAÇÃO DO PROJETO

1 setembro 2019 – 31 agosto 2022

NÚMERO DO PROJETO

2019-1-SI01-KA202-060391

IMPACTO ESPERADO DO WELLy

Como resultado geral, o projeto irá elaborar o novo perfil de competências para o GBE de uma perspetiva simultaneamente societal e empresarial. Da perspetiva empresarial, uma diminuição do stress no trabalho aumenta a produtividade e reduz a rotatividade. Da perspetiva societal, a proporção de momentos produtivos e não produtivos durante o tempo de vida dos indivíduos melhora com a redução de períodos de doença, desemprego e/ou reforma antecipada.

  • A introdução de políticas de saúde mental e bem-estar no trabalho;
  • Melhoria da saúde mental e diminuição do absentismo por doença na população ativa;
  • Impacto positivo na produtividade e resultados económicos dos locais de trabalho.